quinta-feira, 7 de abril de 2016

Resenha: Os Segredos de Colin Bridgerton - Julia Quinn

Os Segredos de Colin Bridgerton ''Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.''

Essa é a resenha do livro 4 da série, pode conter Spoilers.
Clique aqui para ler a resenha do livro 1, aqui para ler a resenha do 2, e aqui para a resenha do 3.

Colin Bridgerton é o irmão mais brincalhão e despreocupado. Como todos os seus irmãos ele foge da palavra casamento e vive uma vida de aventura viajando pelo mundo.

Penélope Featherington é uma solteirona, tímida e incompreendida. Ela já abandonou a ideia de que um dia pode se vir a se casar já que além de não ser mais tão jovem, não tem a beleza e a delicadeza das damas da alta sociedade. Sua mãe a menospreza e a trata de um jeito rude.

Penélope ama Colin a muitos anos e é de longe a pessoa que mais conhece ele. Só que ela tem um segredo. Um segredo que ninguém se quer imagina. Quando Colin descobre esse segredo ele percebe que Penélope é mais do que ele sempre tinha visto.


Não é meu livro preferido da série, mas como todos os outros esse é muito bom. O amor não correspondido que a Penélope tem, durante tantos anos, pelo Colin é lindo. E ver o amor florescer no Colin é mais lindo ainda.