quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Seguindo caminhos diferentes



O fato de você ir embora esta me matando. Tenho que me acostumar que você cresceu. Nós dois crescemos. Se eu não tenho coragem de sair por ai, sozinha, não posso te culpar por ter. É que eu queria poder ficar com raiva de você. Mas a única coisa que você esta fazendo é viver, acho que eu deveria fazer isso também. Seguir em frente. Parar de pensar no passado. Me desprender.

Não sou tão forte como você é. Nós dois sabemos que não sou tão independente e destemida. Ta ai uma coisa que eu sempre invejei em você. Você sempre foi tão livre e pra frente. Nunca teve medo de mudar e de enfrentar o mundo. Você vai longe ainda.

Tenho certeza que você vai conquistar muitas coisas, e muitas pessoas também. Apesar de tudo você sempre encantou as pessoas, e eu não posso negar isso. Você sempre me deu tanto orgulho e hoje em dia muito mais. Ver quem você se tornou me lembra de quando eramos crianças e eu ficava imaginando que tipo de homem você se tornaria. É muito saber que tudo valeu a pena.

Eu posso não ser quem você precisa, ou até mesmo quem você quer, mas saiba que eu sempre estarei aqui. É claro que eu pretendo seguir minha vida agora, sem você por perto acho que será mais fácil. Mas eu sempre estarei aqui por você, para o que você precisar. Hoje eu vejo que isso sim é superar. Guardar raiva e magoas não era muito maduro.

Eu pretendo sair por esse mundo. Não sai até hoje porque eu não conseguia me despedir de você, mas você resolveu isso por mim. Sempre foi você que resolvia as questões, seja para melhor ou para pior, sempre foi você. Ver você se preparar para se jogar no mundo, sozinho e sem preparação, me motivou. Eu posso fazer isso. Posso seguir em frente.

Sempre vou sentir sua falta. Quando eu chegar nos lugares que você costumava ir, e eu olhar para onde você sempre se sentava, eu vou chorar. Seja literalmente ou não. Quando eu ver seus amigos e não te ver junto vou estranhar e depois vou sofrer. Quando eu ver sua família toda junta e só faltar você eu com certeza vou me desesperar. Mas não se preocupe, eu vou superar. Com o tempo.

É claro que o tempo também vai servir para cada dia eu sentir mais sua falta.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Gato da semana: Gerard Butler



O #GatoDaSemana voltou, e para comemorarmos nosso gato hoje é o Gerard Lindo Butler.
Vocês bem sabem que amo PS Eu Te Amo, e depois de assistir pela primeira vez sai igual doida assistindo todos os filmes dele. Então para começarmos só tenho 1 coisa a dizer: ''This is Sparta''



Vamos começar lá em 2004 com o filme O Fantasma Da Ópera. Quase ninguém sabe que ele era o Gerard.



Mas antes de ser O fantasma, ele foi o Drácula no filme Drácula 2000. Ele era novinho e com um cabelo diferente.








Eu não seria eu mesma se colocasse só 1 foto dele em Ps Eu Te Amo né?



Em 300 ele era todo pecado né?



Em 2009 ele fez A Verdade Nua Crua, filme que eu AMO.



Esse é um momento dele no filme Caçador de Recompensas com a Jennifer Aniston.



E esse ano ele estará no filme Deuses do Egito.

Claro que ele fez muitos outros filmes, e estava lindo em todos, mas esses são os que eu mais gosto. Mas vale super a pena fazer uma maratona dos filmes dele.




Me algemem com esse homem por favor

Colocando séries em dia: How To Get Aawy With Murder - 1 Temporada



Sinopse da série:
''How to Get Away with Murder segue a vida pessoal e profissional de Annalise Keating, uma professora de Direito Penal da fictícia Universidade de Middleton, na Filadélfia, uma das mais prestigiadas Escolas de Advocacia na América. Uma advogada de defesa, Annalise seleciona um grupo dos seus melhores alunos em sua turma da universidade para trabalhar em seu escritório. São eles: Connor Walsh, Michaela Pratt, Asher Millstone, Laurel Castillo e Wes Gibbins.Em sua vida pessoal, Annalise vive com seu marido Sam Keating, um renomado psicólogo, mas também vive um relacionamento às escondidas com Nate Lahey, um detetive local. Quando sua vida pessoal e profissional começar a entrar em colapso, Annalise e seus alunos se verão envolvidos, involuntariamente, em uma trama de assassinato.''

O QUE FOI ISSO PRODUÇÃO?
Cai de cabeça nessa série e meu Deus, fiquei viciada.
Annalise, Wes, Connor e todos os outros me deixaram apaixonada e meio maluca. Passei a pensar que todas pessoas a minha voltam podem ser assassinos, e que eu posso acabar sendo testemunha no julgamento.

A primeira temporada tem 15 episódios e em todos tem um caso de assassinato que a Annalise e seu escritório trabalham na Defesa. Uma das coisas que eu achei legal foi não contarem a história dos personagens, desse jeito ao assistir você não sabe quem é ''bom'' e quem é ''mau'' fazendo com que todos possam ser suspeitos.

Meu personagem preferido é o Connor, simplesmente porque ele vadio a série inteira e desconfiado de todo mundo. Não tenho cena preferida porque as cenas dele sempre são as melhores.

Eu meio que shipo a Annalise e Wes, mas acho que não vai acabar dando em nada. Na verdade acho que só eu que shipo eles mesmo, mas tudo bem.

O fim da temporada é de explodir a mente de qualquer um. Eu não tive nem reação.
Agora é vermos o que a 2 temporada nos reserva.

domingo, 24 de janeiro de 2016

19 anos



Estive um tempo com bloqueio criativo. Vi as datas passarem e eu simplesmente não conseguia escrever nada sobre elas.

Meu Natal, que eu já disse aqui que é minha data comemorativa preferida, foi o pior da minha vida. Nem se eu quisesse conseguiria escrever algo inspirador naquele dia. Meu único desejo foi que o próximo Natal fosse melhor.

Meu Ano Novo já foi melhorzinho. Não é uma data que eu intenda muito. Sempre foi muito para a minha cabeça o fato de que em um minuto estamos em um ano e no minuto seguinte já estamos em outro ano. É algo meio louco.

Meu aniversário, que é dia 16/01, eu estava na Praia (como em todos os anos), então não tinha condições de escrever algo. E também não foi o meu melhor aniversário. Nem se quer ganhei um bolo.
Mas eu sempre tenho algo para falar sobre meus aniversários.

Eu fiz 19 anos e isso foi empolgante e apavorante ao mesmo tempo. Parece que foi ontem que eu estava fazendo 15 anos e escrevia aqui ideias para festa, depois escrevi um dos meus textos preferidos sobre fazer 17 anos e sobre com a síndrome da Bridget Jones e hoje estou eu aqui falando sobre ter 19 anos.

O que eu mais gosto dessa coisa de ter um Blog é porque tenho todas essas fases registradas, e também fico muito feliz em compartilhar tudo com vocês. Eu queria ter mais dedicação com esse cantinho que é tão nosso. Projeto 2016 é ter mais post.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Colocando séries em dia: Orgulho e Preconceito



“É uma verdade universalmente conhecida que um homem solteiro na posse de uma bela fortuna deve estar necessitando de uma esposa.”

Hello, eu dei aquela sumidinha de sempre mas voltei.
A um tempo atrás eu comecei o projeto #ColocandoSériesEmDia e ele ainda está em andamento.
Dessa vez eu assisti a série Orgulho e Preconceito. Eu já havia visto o filme e tem o que eu achei dele aqui.

A série tem apenas 6 episódios e tem o (lindo) Colin Firth como Sr Darcy e a Jennifer Ehle como Lizzy e é de 1995.

A grande vantagem dela sobre o filme é que ela retrata cada momento que existe no livro, é extremamente completa.

Mais uma vez minha cena favorita é a declaração do Sr Darcy para Lizzy, o ''eu a amo e admiro ardentemente'' chega a arrepiar na voz do Colin Firth.



Eu já falei para vocês como amo Bridget Jones, que é considerado uma releitura moderna de Orgulho e Preconceito, e o que eu acho mais legal é que no livro a Bridget é apaixonada pela série e idolatra o Colin Firth, chegando até a entrevista-lo. Então o Colin intrepertou o Mark Darcy, sendo o sobrenome Darcy uma homenagem da autora ao Sr Darcy.
''Entre os extras do DVD de Bridget Jones: No Limite da Razão, há inclusive uma pequena brincadeira com a confusão de Colin Firth interpretando os dois Darcys.  Bridget aparece entrevistando Colin Firth, ator que interpretou o Sr. Darcy na série, e é “coincidentemente” muito parecido com seu namorado!''

O site onde eu achei a série, não é em todos que tem, e legendado foi aqui.


Com certeza 5 estrelas.