terça-feira, 28 de abril de 2015

Sinto sua falta



O caminho até meu quarto não é o mesmo sem você envolvendo minha cintura com seus braços.
A cama fica grande demais e as tardes frias demais. Sem suas camisas eu não tenho bom sonhos, e sem seu boné meu cabelo sempre fica sem graça.
O cinema sem seus beijos não tem a mesma excitação, e até a livraria perdeu um pouco do brilho.
Sinto falta de sentar entre suas pernas para lermos o mesmo livro. Você me fazia usar suas cuecas por baixo das saias e vestidos curtos. Eu fingia que odiava mas por dentro eu amava sua preocupação.
Os duetos não tem a mesma melodia sem você cantando comigo. E meu english não é mesmo sem você para praticar comigo.
Minha voz fica fora de ritmo sem você marcando o tempo.
Eu não tenho a mesma alegria sem suas imitações e minha risada de hoje em dia não se compara as que eu dava quando você me fazia cosquinhas.
Os filmes de princesas não parecem tão perfeitos sem você do meu lado de dizendo que sempre seria meu príncipe, e os de ação não tem emoção sem você se empolgando comigo.
Os jogos de futebol são tediosos sem nossas críticas, e sem você eu nem comento sobre o jogo.
Meus cantores preferidos não são tão incríveis sem você para dizer que os seus são melhores.
Nada é o mesmo sem você. Sinto sua falta.

Cantor da semana: Britney Spears



Nossa cantora dessa semana é minha rainha, musa inspiradora. Não tem cantora melhor para mim do que ela. Vamos a vida da Brit



Britney aos 11 anos no The Mickey Mouse Club onde começou sua carreira. Junto com ela estava Justin Timberlake e Christina Aguilera.



Ela participou do Club entre 1993 e 1994, e depois ela voltou para sua cidade natal. E em 1998 lançou seu primeiro Cd, Baby One More Time.



Ela abria shows das boybands N'Sync e Backstreet Boys.



Seu primeiro clipe, Baby One More Time, foi sucesso nas paradas tanto da Tv como em rádios. E seu Cd bateu recordes e ganhou inúmeros prêmios.



Em 1999, com 19 anos, Brit apareceu na capa da revista Rolling Stones e sua roupa, ou falta dela, foi polêmicas. A primeira de muitas na vida da cantora.



Em 2000 foi lançado seu 2º Cd, Oops, I Did It Again, que assim como seu antecessor foi sucesso e teve boas críticas. Vendo mais de 1,139 milhões de cópias apenas na primeira semana, se tornando o o álbum feminino mais vendido na primeira semana.



Brit namorou com o velho conhecido Justin Timberlake e juntos eles formaram o casal mais influente da música até mesmo hoje.



Também em 2001 Britney lançou seu 3º Cd, Britney. Foi marcado como a transformação de menininha para mulher. Brit passou a usar roupas sexy e sensualizar em seus clipes e performances.



No VMA do mesmo ano a cantora chocou o mundo ao apresentar a música I'm Slave 4 U com pouca roupa, coreografia quente e uma cobra de verdade no ombros.


segunda-feira, 27 de abril de 2015

Não me arrependo



''Mas acima de tudo, eu não me arrependo do que senti. Mesmo com todas as lágrimas, noites perdidas, pensamentos suicidas e decepções inventadas. Apesar de tudo, isso serviu de alguma coisa. Essas lições foram necessárias, porque pude perceber que o que eu sinto por você é muito mais que uma simples paixão ou um simples ''amar''. E querer estar perto, é querer te ver bem e ficar pra sempre ao seu lado, mesmo que não seja da maneira que eu sonhava que fosse. Pois por mais que o meu abraço não seja o teu preferido, eu me contentaria apenas em poder te dar um. Pois por mais que a minha voz não seja a que você mais espera por ouvir, eu ficaria feliz só de poder falar contigo. Pois por mais que os teus sorrisos não sejam causados pelo meu, a única coisa que importa é que eles estejam perto. Apesar de tudo, de novo, eu não me arrependo de nada que seja com você, simplesmente pelo fato propriamente dito de ser com você''

- Autor Desconhecido

Dê um play: Eu me arrependo


segunda-feira, 20 de abril de 2015

Cantor da semana: Kurt Cobain



O mês de Abril é marcado pela morte de Kurt Cobain, que aconteceu a 21 anos atrás, mas que é sentida até hoje, e nada mais justo que homenagearmos o eterno roqueiro aqui.
Tenho escolhido os cantores que me inspiram e que me tocam para essa Tag, mas o Kurt é muito mais do que isso. Conheço muito bem a história dele e as letras de suas músicas dizem mais sobre quem ele era e como pensava do que qualquer coisa.
Vamos conhecer um pouco sobre a vida e momentos marcantes da vida do roqueiro:


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Gato da semana: Miles Teller



Nosso Gato dessa semana é a minha aposta para grande nome do cinema.



Miles Alexander Teller tem 28 anos com carinha de 18 e logo no primeiro filme que eu assisti com ele já me apaixonei.



Não sei vocês, mas eu sou viciada em filmes, e é nítido que o Miles está estreando muitos filmes e todos muito bons.



Ano passado ele esteve em 4 filmes, e esse ano vai estar em 3, haja fôlego.



Todos os filmes dele são bom, desde de Finalmente 18



A Projeto x



Divergente 



Insurgente 



O Espetacular Agora



Mas o Whiplah é uma obra-prima das telonas.



E esse ano ele vai estar nos cinemas como o Senhor Fantástico na nova filmagem de Quarteto Fantástico.







Miles também está no filme Namoro ou Liberdade junto com o Zac Efron e ele também teve sua cena na vaso:







Dá uma dançadinha quem sonha em ter um Miles:

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Você ainda é o único



Na primeira vez eu te vi eu vi o amor, e na primeira vez que você me tocou eu senti o amor. Mesmo depois de todo esse tempo você ainda é o único para mim. Nós conseguimos ir longe, veja até onde chegamos, nós seguimos um caminho longo mas sabíamos que que chegaríamos algum dia.
Muitas pessoas nos diziam que não iríamos muito longe, mas basta que eles olhem para nós para saberem que mesmo separados estamos fortes.
Você sabe que eu só corro por você, que eu só pertenço a você, e que só com você eu imaginei a minha vida. E claro que você sabe que eu ainda te amo, e que ainda sonho com você. Você é aquele que eu dou boa noite todos os dias mesmo que apenas dentro do meu coração.
Eu sei que não existe nada melhor do que nós dois juntos, e mesmo com todos os obstáculos da vida ainda podemos olhar para atrás e nos orgulharmos de nos mesmo.
Não consigo acreditar em quanta coisa teríamos perdido se tivéssemos escutado o que as pessoas falavam, mas eles não entendem que não é preciso estar junto para amar.
Eu estou feliz por ainda estarmos aqui, eu não mudaria nada em nossa história.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Encantada por te conhecer



Fui até onde costumávamos ir, aquele velho e solitário onde nós sentíamos que eramos os única no mundo todo. Lá eu me lembrei da primeira vez que vi o seu rosto e senti que todas as paredes de falsidade em mim caíram, todos os olhares perdidos e vazios existentes em mim sumiram e eu só conseguia pensar em como eu estava encantada por te conhecer.
Eu me sentei no mesmo banquinho que dividimos tantas vezes e me lembrei ali mesmo você sussurrou para mim ''já nos conhecemos''? e olhando dentro dos seus olhos tudo em você começou a fazer sentido para mim. Nossa conversa foi brincalhona e eu só conseguia pensar em como eu estava encantada por te conhecer.
A noite estava vibrante, eu não queria que ela acabasse e não queria sair do seu lado. Mas no caminho de casa, eu corava e estava perplexa e eu soube naquele momento que eu passaria a eternidade me perguntando se você sabia que eu estava encantada por te conhecer.
E na madrugada eu rolava na minha cama e me perguntava se você amava alguém. E as 02:00 eu mais acordada e do que dormindo e admiti que queria que você estivesse à minha porta. Eu abriria e você estaria com seu sorriso torto e me diria que estava encantado por me conhecer.
Eu me lembro de orar para que aquela noite fosse apenas a primeira página da nossa história porque eu não conseguia suportar nunca mais te ver, e eu sabia que meus pensamentos ecoariam seu nome até eu vê-lo de novo.
Naquela noite tudo oque eu conseguia pensar era eu gritar para que você nunca se apaixonasse por outra pessoa, que você nunca tenha ninguém além de mim te esperando, e eu estava tão encantada por te conhecer.
E mesmo hoje eu sei que vou passar a eternidade me perguntando se você sabia que eu estava encantada por te conhecer.  

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Cantor da semana: Tina Turner

Lá vem Tag nova, e essa tem um valor sentimental bem grande para mim. Eu amo música, não vivo sem, e tenho um gosto musical dos mais estranhos que vai de ópera à contry. Mas me orgulho desse meu gosto musical. Toda semana teremos um cantor/cantora e ás vezes até uma banda sendo homenageada aqui.

E para abrir com chave de ouro nossa Tag nova nada melhor do que a rainha Tina Turner. Vamos conhecer a cantora:



Tina foi casada com Ike Turner nos anos 1960, eles se conheceram em 1959 quando Tina pediu para entrar na banda dele. Eles acabaram sendo uma dupla e fizeram sucesso, mas em casa as coisas não estavam boas iguais na mídia. Ike passou a espancar Tina, eles terminaram em 1974





Em 1975 Tina fez seu primeiro filme, Tommy.



Nos anos 80, depois de ficar sumida por um tempo da mídia devido seu divorcio, Tina lançou o Cd Private Dancer. Lançado em 1984 é um dos discos mais icônicos da cantora.



Tina era amiga de David Bowie e de Keith Richards, guitarrista do Rolling Stones.



Tina interpretou a vilã Aunty Entity no filme ''Mad Max''


Então eu vi: Orgulho e Preconceito



Depois de assistir á esse filme eu tenho que perguntar: Como alguém poderia viver sem ver essa obra prima?
O filme é uma adaptação do livro, de mesmo nome, escrito pela Jane Austen e mesmo sendo completamente viciada em romances de época até esse fim de semana eu não tinha assistido.

Além da beleza das construções, dos figurinos incríveis e, claro, da beleza atormentada do Sr Darcy o que eu mais gostei foi do ódio que ambos sentiam um pelo o outro e a forma como a história mostra que o amor nunca aparece da forma mais conveniente.

Minha cena favorita, acho que é a de todo mundo, é a da tempestade onde a Lizzie descobre que Darcy que tinha feito seu amigo desistir de sua irmã então ela foge debaixo da chuva, e ele vai atrás dela e fala que a ama, ardentemente.

Única coisa que não gostei foi o fato de o casal principal não ter dado um único beijo, mas acho que isso é bom para retratar o quanto as coisas eram formais naquela época.

Mas em resumo, o filme é perfeito e agora sim eu tenho que comprar todos os livros da Jane e claro assistir a série com o Colin Firth.

5 estrelas.


Resenha: Fury - Laurann Dohner


Série - Novas Espécies #1

 ''Ellie fica horrorizada ao descobrir que a companhia farmacêutica em que trabalha está fazendo experimentos ilegais. Cientistas da empresa têm fundido DNA humano com DNA animal, criando novas espécies exóticas. Um "experimento" captura o coração dela e ela vai fazer de tudo para salvá-lo, mesmo que ele a odeie por isso. 


Fury nunca conheceu compaixão ou amor. Ele passou sua vida em uma cela, acorrentado e abusado por seres humanos. A única mulher que se permitiu confiar o traiu. Agora ele está livre e fixado em vingança. Ele promete acabar com sua vida, mas quando ela finalmente está em suas mãos, prejudicá-la é a última coisa que ele quer fazer com esta pequena humana. Fury não pode resistir a Ellie - o toque de suas mãos, a boca em sua pele, em volta do seu corpo. Ele está obcecado com o cheiro de sua mulher. E Ellie quer Fury, sempre quis. Ela anseia por seu corpo grande e poderoso e quer curar o seu coração. Mas estar desoladamente apaixonada por Fury é uma coisa...domesticá-lo é outra.''

Ellié é divorciada e não tem um bom relacionamento com os seus pais. Na verdade não tem nem um relacionamento. Eles vivem tentando faze-la voltar com seu ex marido, coisa que ela não vai fazer jamais. Ellie já foi bem acima do peso, mas depois do divorcio perdeu 119Kg e agora está com tudo em cima.
Ela trabalhava para as Industrias Mercille até que um dia alguém a contratou para espionar eles pois suspeitavam que a industria farmacêutica estava fazendo testes em humanos, ou meio humanos.
Essa empresa fez uma mutação genética em milhares de humanos juntando seus DNA com os de animais diversos, fazendo eles serem meio humanos e meio animais. E usavam eles para testar drogas pesadas com o objetivo de vende-los para o exercito por serem mais fortes e mais rápidos e terem o olfato mais apurado que os humanos puros.

Ellie aceita a proposta e através dela o governo Norte Americano descobre os Novas Espécies e acaba com todo esse horror. Mas enquanto Ellie trabalhava lá como espiã ela ''conheceu'' Fury. Não foi bem conhecer já que ele estava em acorrentado dentro de uma cela e ela estava do outro lado do vidro o observando. Os Novas Espécies são perigosos e agressivos e Fury é um dos mais perigosos. Ele já atacou muitos médicos que iam até sua cela para lhe aplicar medicamentos, mas para Ellie ele não rosna, com medo de amedronta-la.

Quando um dos médicos entra na cela de Fury para mata-lo Ellie corre, e quase põe tudo a perder, quando mata o médico e incrimina Fury porque sabia que não iriam mata-lo, pois ele era muito valioso, e se soubessem que foi ela com certeza a matariam e então ela não conseguiria provar os testes que eles estavam fazendo. Mas Fury não sabe disso e por isso jurou mata-la com as próprias mãos por incrimina-lo e por ter enganado ele, já que ela era a única humana em quem ele confiava.

Por obra do destino eles se encontram e Fury se joga em cima dela, com as mãos em seu pescoço, pronto para mata-la. Mas ele não consegue e logo é impedido. Mas isso não diminui nem um pouco seu ódio, e quando ele vai atrás dela, quando ela esta sozinha e no meio do nada e ele a agarra e leva para sua casa, e eles fazem sexo como uma forma de ficarem ''quites''. Mas Justice, o líder dos Novas Espécies, chega e quase manda prenderem Fury por achar que ele forçou Ellie.

Ellie jura que foi consensual e foge para sua casa. Fury é proibido de chegar perto dela, mas ele passa suas horas vagas do lado de fora do seu prédio a vendo pela janela. Quando um grupo de ódio, que querem matar os NE por não querem que o governo gaste dinheiro com eles e por eles não os considerarem humanos, invadem Homeland, uma antiga base militar que foi dada aos NE para que eles morem e fiquem em segurança, Fury vai atrás de Ellie para a proteger. E logo começam os rumores de que eles estavam transando e o mundo todo fica chocado.

Fury e Ellie têm que enfrentar a reprovação de todos, mas o amor que eles sentem um pelo o outro é mais forte que toda a mídia e todos os grupos de ódio.


Eu estava querendo ler essa série a pelo menos um ano, mas quantidade de livros sempre me afastou, cerca de 13 livros com mais anunciados. Finalmente baixei eles e foi ler. A escrita não é simplesinha não, mas mesmo assim não consegui largar o celular por nada e logo já tinha terminado e ido para o 2, 3, 4 e fui me empolgando. Todos os NE são gostosos, protetores, perigosos e quando amam uma mulher eles a protegem pra valer e eu estou cada vez mais apaixonada por todos eles. Novas Espécies para presidente.

O que dói mais



Ouço a chuva que caí no meu telhado e o barulho me conforta. Saber que do lado de fora do meu quarto há tanta confusão quanto dentro de mim é bom. Eu sou uma bagunça de sentimentos, mas eu posso aguentar essa casa vazia e posso segurar um pouco as lágrimas antes de deixá-las correr.
Não tenho medo de chorar, nunca tive, o que de apavora é o motivos do choro. Passo um tempo olhando para o teto tentando me convencer de que tudo vai ficar bem, mas então me lembro que você se foi e eu sei que não vai ficar bem. Tudo isso ainda dói demais e eu simplesmente não me preocupo em fingir estar bem mais.
O que dói mais era estar tão perto da felicidade e ver você indo embora. E eu tinha tanto para te dizer mas agora você nunca vai saber tudo o que eu sinto e nem tudo o que poderíamos ter sido. Você partiu sem saber que amar você era tudo o que eu estava tentando fazer.
É duro ter que lidar com a dor de te perder, porque todo lugar que eu vou eu lido com as lembranças de nós dois.
O que dói mais é forçar um sorriso quando vejo nossos antigos amigos e eles me perguntam de você. E eu estou sozinha, e é difícil levantar sem receber uma mensagem sua. É difícil me vestir sabendo que não vou te ver.
Tenho que viver com todo esse arrependimento, mas eu sei que eu pudesse fazer isso acabar eu trocaria, deixaria todas as palavras que mantive no meu coração e deixei sem falar e guardaria todas as que falei.
O que dói mais é não ter mais você.

terça-feira, 7 de abril de 2015

Gato da semana: Justin Timberlake



Nossa Gato dessa semana é o Príncipe do Pop.



Justin começou a cantar bem cedo e obviamente nasceu para ser uma estrela.



Ele começou no Club do Micki Mouse junto com a Britney Spears e a Christina Aguilera.



Ele começou a cantar na Boyband Nsync e usava esse cabelinho de Miojo.



O mundo todo agradeceu quando ele raspou a cabeleira.








O Jus já namorou a Brit e juntos eles foram o maior casal da industria da musica. Pena que acabou.

 

A banda decidiu dar uma ''pausa'', que dura até hoje, e ele se lançou em carreira solo.







Depois de um tempo de aventurou no cinema e por lá fez muito sucesso. Tanto que até parou a carreira musical para se dedicar somente a 7º arte.



Mas graças a Deus ele voltou para os estúdios e os palcos, de onde nunca deveria ter saído. O mundo agradeceu.



Só que ele voltou com o estilo diferente, mais chique e combinou muito com ele. Mas ele não perdeu a carinha de bebê.



O Jus é casado com a atriz Jessica Biel.



E eles estão esperando o primeiro herdeiro.



Mas a Jessica sabe que tem que dividir o maridão com a gente.







Haja coração para toda essa beleza.