quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Por que escolher esperar?



A foto diz tudo: A decisão de esperar deve ser feita porque está é a vontade de Deus.
Dizer que Escolheu Esperar apenas por sentir medo do que Deus pode fazer com você é errado.
Isso não agrada a Deus. O que agrada Ele é a obediência, mas uma obediência que traga paz ao seu coração. Se o ato de esperar não te traz paz e sim angustia então meu amado(a) alguma coisa está errada.
Não estou dizendo que se você se sente angustiado por esperar deve largar a espera, estou dizendo que se existe essa angustia dentro de você então você precisa orar mais.
Porque não adianta apenas esperar e não orar. Orar é o que torna o seu relacionamento com Deus próximo ou distante. Por isso é muito importante que você ore enquanto espera, para que essa espera não se torne um fardo em sua vida.

Resenha: O Duque e eu - Julia Quinn

O Duque e Eu Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.


Nunca vi nenhum livro da Jane Austin mas os livros da Julia Quinn têm sido comparados com o dela. Como sei que a Jane é tipo a rainha dos romances de época essa comparação é um elogio e tanto.
A história se passa em Londres no ano de 1813 e conta a história de Daphne Bridgerton, uma menina com 3 irmãos mais velhos e 4 mais novos. Seu pai morreu alguns anos antes e sua mãe e seu irmão mais velho, Anthony, que cuidam da casa. E por falar na mãe dela, Violet Bridgerton é uma mulher uma tanto quanto perspicaz e audaciosa. Ela se preocupa demais com os filhos, e quer garantir que todos eles terão um futuro promissor, o que basicamente quer dizer que ela passa o tempo inteiro tentando arrumar um casamento com alguém importante para eles.
E pobre Daphne! Ela é a filha mais velha e por isso sua mãe não a deixa um minuto se quer.

O livro também nos mostra o duque Simon Basset, um jovem amargurado e infeliz. Sua mãe morreu no dia de seu nascimento e seu pai, um homem que se preocupa apenas com sua reputação e com o herdeiro que ele precisa para dar continuidade a linhagem de sua família como duques.
Quando Simon cresce ele não consegue falar, e quando aprende, muitos anos depois do esperado, ele gageia e seu pai o trata como um retardado, e vai embora da cidade dizendo a todos que seu filho morreu.
Simon cresce aos cuidados de sua governanta e aprende a falar, faz faculdade e vive a vida de uma perfeito promiscuo. Jurando que nunca se casaria apenas para não realizar a sonho do pai de sua família continuar como duques.

Simon chega a Londres e logo é cercado por mães desesperadas para casarem suas filhas, ainda mais com um duque, rico e bonito.Então ele pede ajuda a seu amigo da época da faculdade, Anthony Bridgerton. E em uma festa ele conhece Daphne, e de cara não se dão bem. O que é claro com o tempo muda e eles se tornam amigos, até que Simon tem a ideia de fingir cortejar ela para que ele pare de ser o alvo de desejos de todas as moças e Daphne se torne o alvo de desejo de todos os moços. Ideia bem sucedida. Apenas por um pequeno detalhe: Eles se apaixonam.
Simon sabe que não pode ficar com Daphne porque ele não deseja se casar com ela, embora a ame. Já Daphne, tudo o que mais deseja é o casamento, e principalmente se for com Simon.

Eu gostei muito do livro como um todo embora o fim não tenha me surpreendido.
A história foi muito bem escrita e eu adorei a interação da Daphne com a família enorme dela.
Sem falar também na Lady Whistledown a misteriosa mulher(?) que escreve uma coluna de fofocas para o jornal local, onde faz sempre comentários ácidos sobre a nobreza de Londres. E eu tenho minhas suspeitas de que ela seja a própria mãe da Daphne.
O livro faz parte de uma série de 8, cada um contando a vida de cada um dos Bridgertons.

domingo, 19 de outubro de 2014

Customizando: Macacão jeans



O Customizando voltou ebaa.
Hoje eu vou dar as instruções de como transformar uma calça jeans em um macacão.
Quem ensinou a fazer foi o site Ehow, e para ser sincera eu ainda não tentei fazer, mas essa semana vou fazer e posto o resultado lá na Fanpage.
Então vamos aprender a fazer o macacão:

Instruções

    Introdução

  1. 1
    Estenda sua calça em uma mesa e corte a cintura. Certifique-se de cortar bem próximo à costura, mas sem cortá-la. Guarde-a. Você pode usá-la em outro projeto.
  2. 2
    Corte as pernas da sua calça a aproximadamente 5 cm abaixo do gancho. Use a régua para nivelar e desenhe uma linha reta com o giz. O comprimento dependerá de você. Corte as pernas no comprimento que você desejar. Para dar um visual mais limpo, adicione 3 cm ao comprimento desejado para costurar a bainha. Lembre-se de que você precisará da parte inferior das pernas para fazer o peitilho e as tiras.
  3. 3
    Costure suas bainhas com duas fileiras de pontos
    Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images
    Termine a bainha do short. Dobre a bainha das pernas 2 cm, dobre novamente e costure.
  4. 4
    Meça a largura do seu tórax com a fita métrica. Essa será a largura do seu peitilho. Meça do local onde você deseja que a parte superior comece até onde ela se une ao short. Essa será a medida da área que você deve cortar.
  5. 5
    Meça da cintura até o centro das suas costas. Esse será a o comprimento da tira traseira do seu macacão. Meça dos seus ombros até o centro das suas costas. Essa medida será usada para fazer as tiras de apoio dos ombros. Acrescente 3 cm a todas as medidas para finalizar a bainha.

    Fazendo o peitilho, a tira traseira e o bolso frontal

  1. 1
    Coloque a perna direita da calça em sua frente. Você marcará e cortará o peitilho, a tira traseira central e o bolso frontal dessa perna. Use a costura interna e a bainha inferior como guia para medir o peitilho. Meça e marque o comprimento total do peitilho. Marque apenas metade da largura, pois, como a calça está dobrada no meio, a costura interna será o meio do peitilho.
  2. 2
    Use a parte superior do peitilho como um guia e meça, a partir dessa linha, o comprimento da tira central traseira.
  3. 3
    Defina o tamanho do bolso da frente do peitilho. Use a bainha da calça e a linha lateral do peitilho como partes superior e lateral dele. Desenhe um quadrado para ele. Se quiser que ele se pareça mais como um bolso de calça, incline levemente a ponta inferior. Lembre-se que a extremidade superior é a bainha da sua calça.
  4. 4
    Corte as partes do peitilho, dos bolsos e da tira traseira. Desdobre as primeiras e as estique na mesa. Corte ao meio a parte da tira traseira, na costura interna da perna.
  5. 5
    Dobre as pontas do peitilho, bolsos e tira traseira 6 mm, depois dobre novamente e costure as bainhas finalizadas. Centralize o bolso na frente do peitilho e costure-o, deixando o topo aberto.

    Fazendo as tiras da cintura e dos ombros

  1. 1
    Ponha a perna direita da calça à sua frente. Meça da costura interna ao meio da perna da calça e desenhe uma linha da bainha inferior à beira superior. Corte a calça através dessa linha. A perna da calça estará divida ao meio. A parte com a costura interna será a sua cintura; deixe-a de lado.
  2. 2
    Remova a costura externa da outra metade. Agora você possui dois pedaços que serão suas tiras do ombro. Dobre todas as extremidades 6 mm, dobre novamente e costure. Faça buracos para botões no fim de cada tira desenhando uma linha pouco menor que o botão, a 3 cm da ponta de cada tira. Costure em ziguezague em volta de cada buraco.
  3. 3
    Ponha a tira traseira na mesa. Alinhe as tiras dos ombros com a extremidade superior da tira traseira para fazer uma forma de Y. As tiras traseiras devem ser costuradas inclinadas para poderem passar por cima dos ombros e se unirem ao peitilho. Quando estiverem corretamente posicionados, una-os com um alfinete e costure. Você fará uma costura inclinada e o ponto deve fazer uma forma triangular entre as duas tiras. Após uni-las, prenda as tiras ao topo da tira traseira e as costure.
  4. 4
    Desdobre a parte da cintura e redobre ao meio no sentido do comprimento, vire do lado certo e costure as pontas. Faça um buraco de cada lado da costura central. Você passará a fita da cintura através desses buracos. Dobre a cintura ao meio onde era a costura interna da perna.
  5. 5
    Costure a parte aberta da cintura de tecido usando o pedal como guia. Prenda o lado da cintura que você acabou de costurar à parte superior do short, vire ao lado certo e costure. Faça costura dupla para melhor durabilidade.

    Unindo o peitilho ao short

  1. 1
    Ponha o short virado para cima e alinhe o centro do peitilho com o meio superior do short. Prenda a parte inferior do peitilho à parte superior do short e costure.
  2. 2
    Vire o short e alinhe a ponta inferior da tira traseira com a parte superior do short. Prenda com alfinete e costure.
  3. 3
    Costure à mão os botões nos cantos superiores do peitilho.
  4. 4
    Prenda um alfinete de segurança a uma ponta do cordão, passe-o por um dos buracos da cintura, atravesse pela linha da cintura e saia pelo outro buraco. Amarre as pontas do cordão.
  5. 5
    Vista o short do macacão, abotoe as tiras ao peitilho, aperte e amarre o cordão na sua cintura e saia para curtir.


sábado, 18 de outubro de 2014

#Aniversariante: Happy B Zac Efron

O tempo passa rápido demais né? Parece que foi ontem que eu fu no cinema ver High School Muical 3, e lá estava o Zac com carinha de 18 anos, todo fofo com aquela franjinha ao estilo Justin Bieber. E de repente ele já esta fazendo 27 anos.
Zachary David Alexander Efron se tornou famoso exatamente pela franquia de  High School Muical, mas não parou por lá não.
Ele já fez muitos outros filmes desde então.



Hairspray.



17 outra vez.



A vida e a morte de Charlie St. Cloud



Noite de ano novo.



The paperboy



Um homem de sorte




Namoro ou liberdade.
Ta bom que ele está mais lindo do que nunca, mas eu ainda adoro ele em HSM.





#HighSchoolMusicalForever

My Everything - Ariana Grande



Ariana Grande é nova no meio artístico, mas tem um futuro promisso e uma voz potente ela vem ganhando espaço no meio da música internacional.
O novo Cd dela, o My Everything só tem músicas boas, e hoje eu resolvi trazer ele para vocês ouvirem.


  • Intro
  • Best Mistake (Feat. Big Sean)
  • Be My Baby (Feat. Cashmere Cat)
  • Break Your Heart Right Back (Feat. Childish Gambino)
  • Love Me Harder (Feat. The Weeknd)
  • A Little Bit Of Your Heart 
  • Hands On Me (Feat. A$AP Ferg)













  • Bem diferente do 1º Cd dela, o Your Truly, esse é mais sério e na minha opinião com músicas com letras mais elaboradas.
    Minha música preferida é A Liithe Bit Of Your Heart.
    E ai, qual vocês gostaram mais?

    Recomendo: Trilha sonora de The Vampire Diaries



    The Vampire Diaries já está em sua 6º Temporada e já coleciona inúmeros prêmios e fãs pelo mundo. É inegável o sucesso, o talento dos atores, principalmente da atriz principal Nina Dobrev que já interpretou 3 personagens diferentes  em uma mesma cena. Mas hoje não vamos falar de nada disso e sim da incrível trilha sonora que a série possui.
    Desde o primeiro episódio da série em 2009 já podíamos ver as ótimas escolhas de músicas, e com o decorrer da série a trilha sonora foi só melhorando.
    As músicas complementam as cenas de uma forma inexplicável, e eu sempre acabou baixando a maioria.
    Por isso aqui vai meu top 10 das melhores desde a 1º Temporada até o atual episódio.

    10º  Ed Sheeran - Give me love (3x14)

    9º  Florence and the machine - Never Let me go (3x19)

    8º  Within Templetion - All i need (1x19)


    7º  Ross Copperman - Holding on and letting go (3x10)

    6º  Lifehouse - Is ir what it is (1x22)

    5º  Ed Sheeran - Kiss Me (4x07)

    4º  Rachel Taylor - Light A Fire (6x01)


    3º  Lucy Rose - Be Alright (5x22)


    2º  Ron Pope - A Drop In The Ocean (3x01)


    1º  Sleepstar - I Was Wrong (2x08)

    É claro que têm muitas outras músicas lindas na série, e escolher só 10 foi uma dificuldade sem tamanho, mas ta ai um motivo para vocês assistirem a série.

    sábado, 11 de outubro de 2014

    Sentimentos de criança



    Quando crianças nós nos sentimentos protegidos, despreocupados, gigantes. Ser criança é uma dádiva.
    Confesso que eu nunca quis crescer. Sempre vi meus amigos reclamarem que queriam ser grandes, para fazerem ''coisas de gente grande'', queriam ter namorados logo, sair sozinhos logo, morar sozinhos logos, ter independência, ser adultos. Eu não. Nunca quis fazer coisas de gente grande, não queria ter independência, nem ser adulta. Nunca gostei de sair sem meus pais, sempre inventei cada desculpa para me livrar de saídas com os amigos. Quando me chamando pra assistir um filme novo que lançou nos cinemas, eu falo que vou estar ocupada, dai vou lá e chamo meu pai para ir comigo. Sempre fui assim.
    Estou bem perto que legalmente ser uma adulta, mas não quero que chegue logo, na verdade só queria que chegasse para que eu pudesse ganhar presentes. Eu sei, sou uma criança internamente mas não me importo nem um pouco. Muito pelo contrário, gosto de ser assim. Gosto de depender dos meus pais, de me sentir protegida e pequena.
    A infância é um tempo onde somos levados para onde nossos pais querem, e eu gosto de ainda ser assim mesmo já não sendo mais criança. Também gosto de pensar que sou assim com Deus, indo onde Ele quer que eu vá, sendo uma criança nas mãos D'Ele.
    Mesmo crescendo eu nunca vou perder essa inocência que as crianças têm, e acho que nunca vou ser independente.
    Gosto de ser criança.

    sexta-feira, 10 de outubro de 2014

    Por que as pessoas traem?



    Essa semana eu estava assistindo a VH1 quando começou a tocar uma música do Sam Smith, que eu adoro. Eu nunca tinha visto aquele clipe, nem escutado a música, e assim que começou eu vi a Diana Agron surtei.
    O vídeo era sobre traição, a música em si também é. Falo isso porque as vezes os clipes não têm nada haver com o que esta sendo cantado. Mas nesse caso a música e o clipe estavam em sincronia.
    Eu sempre tive um grande problema com o assunto traição. Sempre me perguntei: Afinal, por que as pessoas traem? Por que simplesmente não terminam o relacionamento se já não estão mais felizes, e vão procurar novas coisas, com novas pessoas?
    Eu nunca fui traída, mas esse palavra sempre me deixou com uma mistura de tristeza e raiva.
    E veio a cabeça que talvez a pessoa realmente se apaixone por outra pessoa, mas isso não é desculpa. Termina-se com o outro. Fosse sincera. Não trai-se.
    Talvez também seja porque cansem de serem traídas pelo companheiro. Também não é desculpa. Terminasse e mandasse a pessoa pro inferno. Não se retribuí o mal com o mal, por isso o mundo esta com esta.
    Outro motivo também seria a falta de atenção e carinho em casa, por não se sentirem mais desejadas, por sofrerem com o ciúme excessivo.. não sei. Nenhum desses citados são desculpas para a traição. Se você escolhe namorar/casar/morar com alguém é porque existe no mínimo um pequeno sentimento de amor, de carinho, afeto, tem que existir algum desses, se não não faria sentido abrir sua vida e seu coração para outra pessoa. E se existe esse sentimento por que a traição? E se o sentimento acabou que não haja a traição pelo respeito ao sentimento que um dia existiu.
    Traição é falta de carácter e ponto. Não tem mais.

    quinta-feira, 9 de outubro de 2014

    Gato da Semana: Jamie Dornan

    Suéllen essa vai pra você. ;)



    Jamie é o nosso Christian Grey, lindo, maravilhoso, sexy e gostoso.
    Não tem cabimento ele não ser o Gato Da Semana.



    Gente, eu achei ele nessa foto muito parecido com o Justin Timberlake.

     




















    Dê um play: All About That Bass


    segunda-feira, 6 de outubro de 2014

    Mudando o interior



    A beleza da vida está nos olhos de cada ser.
    Ao acordarmos, dia apos dia, sempre iremos nos deparar com uma oportunidade nova de fazer tudo de novo, e melhor.
    Hoje eu acordei mais viva, mais disposta a mudar tudo o que não me agradava, e a ser aquela pessoa que sempre disse que seria.
    Espero que esse sentimento, e essa vontade durem e que eu os coloque em pratica para que eles não se percam em meio todas as minhas decisões que não fluíram.


    quarta-feira, 1 de outubro de 2014

    Lidando com os sentimentos da solteirice



    Nessa fase de solteiro, um turbilhão de sentimentos vem sobre nós. Precisamos estar firmes para não sermos levados por eles. Para a grande maioria, é inevitável a presença desses sentimentos. No entanto, nossas decisões é que dirão se ficaremos prostrados ou sairemos vencedores.
    O app Do Olhar Ao Altar fez um pesquisa em sua página no Facebook que apontou os principais sentimentos ''ruins'' que mais atacam os solteiros.

    1- Incerteza
    Não saber quando irá encontrar a pessoa da sua vida. Não se ter a mínima noção até mesmo de quem é essa pessoa. Ela pode estar longe, mas também pode estar muito perto do que se imagina. Quem sabe não ao seu lado? Quando deixamos-nos ser envolvidos e engolidos pela incerteza, perdemos o foco e nos desestabilizamos emocionalmente. Um excelente remédio para combater a incerteza é, mesmo fazendo planos, submeter todos eles ao senhorio de Cristo. Ele conhece perfeitamente nosso futuro e pode nos guiar para o lugar correto, nos livrando de todas as opções erradas nessa caminhada e nos impulsionando para as certas.

    2- Solidão
    Talvez essa seja a principal raiz que leva uma pessoa a tomar decisões erradas na vida sentimental. Uma pesquisa da Universidade de Toronto, no Canadá, concluiu que o medo da solidão, é fator decisivo para as pessoas se contentarem em permanecer num relacionamento infeliz. Todos nós estamos sujeitos a esse sentimento. Engolidos pela solidão, muitos se entregam a pessoas que sequer conhecem seu histórico familiar. Para fugir do sentimento de solidão muitos se afundam na pornografia e, não poucos, no sexo ilícito. Como lidar com isso? Relacione-se todos os dias com aquele que nunca irá te deixar sozinho(a): o Espirito Santo. Submeta-se a Ele e você verá Ele preenchendo essa lacuna e eliminando essa solidão.

    3- Carência
    É o sentimento que toma conta de você quando quer suprir uma necessidade que ainda não pode. A carência te faz enxergar coisas que não existem, faz você pensar, equivocadamente, que a voz da sua própria alma é a voz de Deus. Com isso, muitos colocam expectativas em algo utópico. Como tal expectativa não é suprida, vêm os sentimentos de fracasso e incompletude.
    Você não pode entrar em um relacionamento estando assim. Só quem pode te preencher e te completar é Jesus. Entregue-se a Ele e permita que Ele entre em todas as áreas da sua vida. Você verá o quanto pode ser feliz mesmo estando ainda solteiro(a).

    Post do app Do Olhar ao Altar.

    Querido diário: Olá outubro



    Olá outubro me sinto muito alegre de saber que você chegou.
    Setembro foi muito gentil em seus 30 dias, mas eu já estava ansiosa para a sua chegada.
    Te peço que nesse lindo mês, que você é, eu possa finalmente me acertar em todas as modalidades da minha vida.
    Espero que esse mês eu possa fazer as coisas diferentes. Diferente em tudo.
    Espero que esse mês amor posso ser predominante. Eu quero ser feliz.
    Bj Bj: Dii