terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Fim de ano

Happy New Year Tumblr 2015 Happy New Year Tumblr 2015

Mais um ano que termina.
2014 foi uma ano bom para mim, com conquistas como a faculdade e tristezas que eu compartilhei aqui. Mas um ano é muito grande para só nos acontecerem coisas boas.
As coisas ruins existem para que possamos dar valor as coisas boas.
Já fiz minhas metas para esse novo ano, e dessa vez tenho a força de vontade ao meu lado.
Desejo paz e amor para mim mesma e para todos vocês.
Que vocês possam correr atrás da felicidade porque ela não bate na porta não.
Bj Bj: Dii

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal



Esse foi uma ano incrível para mim e espero que tenha sidos para vocês também.
Ano que vem espero estar mais e mais perto de cada um de vocês.
Que vocês possam ter um ótimo de fim de ano, um bom finalzinho de natal e que 2015 chegue com muitas surpresas e alegrias.
Um beijo e um abraço.
FELIZ NATAL!

Presente de natal



Então é natal.
Me sinto tão leve hoje. Deve ser porque essa é minha data preferida do ano. Amo ver as ruas enfeitas e adoro esse espírito que toma conta de todos nessa época. Adoro as músicas natalinas, minha preferida é All I Want For Christmas Is You. E também adoro Last Christmas.
E me dei conta de que nesse natal eu não te entreguei meu coração como em todos os últimos 5 passados. Esse natal eu estava pensando em você, nem me perguntando se seu natal estava sendo bom e se você tinha ganhado muitos presentes.
Esse natal eu pensei só em mim e no fato de que eu queria estar na minha cidade para ver o Futebol Contra a Fome onde o David Luiz ia estar. Olha que engraçado, me preocupei mais com um jogador de futebol do que com você.
Acho que eu finalmente ganhei um bom presente de natal. Eu te superei.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Anúncio

É com grande alegria que faço o anúncio de que de agora em diante não serei apenas eu escrevendo aqui no blog. A partir de hoje terei alguém como quem dividir as ideias, as alegrias, os problemas e a responsabilidade. Depois de quase 4 anos não estou mais sozinha e isso me deixa imensamente feliz.
A nova administradora se chama Mariany Barbosa, 20 anos e é daqui de Uberlândia também. Minha amiga de faculdade e já teve um blog a um tempo atrás. Resolveu se aventurar de novo e participar da equipe do Pequeno Grande Amor.
Com a ajuda dela vamos aumentar o quantidade de post, expandir o canal no youtube e levar o blog em lugares que sozinha e com a minha preguiça eu não conseguiria.
Tudo para que aqui seja como a segunda casa de vocês, e que vocês sintam juntam com a gente tudo o que a gente escreve e possam fazer parte das nossas vidas.
Amo vocês imensamente.
Bem vinda Mari.

Essa não é uma carta de amor... eu acho.



Oi. Como eu posso te chamar agora? Acho que não poderia chamar de ''amor'' não é? Nenhum amor pisaria em mim, machucaria meu coração, quebraria-o em pedaços, ou iria me deixar em lágrimas. Mas algumas manias são difíceis de superar. Mas enfim, como você está? Ainda me preocupo e muito com você. Outra mania minha. E me pergunto se ainda ou se já se preocupou comigo pelo menos durante um pequeno tempo. Ok, eu sei que estou sendo injusta com você. Você sempre se preocupou comigo. E muito. Me lembro de todas as vezes que eu ia parar no hospital com a coluna travada e você me ligava desesperadamente ou lotava meu whatsapp me mensagens. Você sempre colocava sua mão na base das minhas costas quando íamos andar e falava que era para dar sustentação. Sempre me mandava mensagem no horário que eu tinha que tomar algum remédio porque sabia que eu ia esquecer. Não posso falar, nem de brincadeira, que você não se preocupava comigo. Mas eu sinceramente acho que não se preocupa mais. Você encontrou quem precisava? Encontrou alguém melhor? Espero que sim.
Você me disse, com os olhos vermelhos e úmidos, que iria me esquecer e deixaria para trás tudo que vivemos juntos e que encontraria alguém que te entendesse e te completasse. Foi uma facada certeira querido. Você me feriu, sem dó nem piedade. Logo você que em baixo daquele pé de manga me jurou jamais me machucaria e que sempre seria seria meu remédio contra as dores e dificuldades do mundo. E então colocou aquele colar em mim e disse com a voz rouca mais linda do mundo que iriamos viver para sempre juntos. E eu acreditei. Fui boba. Sou mais boba ainda por sentir sua falta. Sinto falta de nós. Porque, mesmo você tendo me machucado tanto, o que construímos valeu à pena. Mas dói saber que acabou. E dói infinitamente mais saber que não tem volta. Era para você todos os meus textos, meus versos e minha músicas. Sabia que eu não componho mais? Não consigo. Eu sou como o Taylor Swift, como você mesmo sempre disse. Eu escrevo músicas sobre meus romances, mas diferente dela eu só tive um, e ele acabou. Vou escrever músicas sobre o que?
Eu lembre choro quando lembro de nós, por que dá uma saudade sabe? E mesmo agora enquanto escrevo mais um texto, para você, sinto lágrima atrás de lágrima rolando nas minhas bochechas despencarem no meu queixo e caírem no teclado do notebook. Se um dia você ler isso não pense que guardo algum tipo de esperança de que um dia possamos voltar. Nunca tive esperanças. Você não me permitiu. Eu vi em seus olhos, os mesmo que sempre sorriram para mim, que aquele era um fim definitivo. Não haveria uma ''livro 2'', uma continuação, um bônus, ou segunda temporada. Acabou para sempre. Mas eu agradeço você por ter aparecido na minha vida. Eu cresci e amadureci muito contigo. Acho que nós dois amadurecemos. Você com certeza não cometerá os mesmos erros com as próximas garotas que deitarem na sua cama e acreditarem em todas as coisas bonitas que você disser.
Nossa história teve um final brusco e um adeus incompleto. Acho que essa foi a carta que eu mais escrevi rápido. Não pensei muito, só senti e digitei, e talvez por isso essa seja a que mais veio do meu coração, sem nada no meio. Só eu, meu coração e minhas palavras soltando meus sentimentos por você.
Você é meu ''ex amor'' que fazia parte do meu ''ex eu'' e da minha ''ex vida'', e depois de andar tanto tempo perdida, sem saber quem eu era eu finalmente descobri, através de você e do que vivemos que o ''ex eu'' sou o eu atual. Aquela era eu mesma. E agora não me sinto mais perdida. Eu me encontrei. E por isso te devo um obrigado querido, porque você me ajudou a me auto-reconhecer.
Eu gostaria de ser forte o suficiente para te dizer adeus, e enterrar, mas não sou. Eu sou fraca, ainda.
Não consigo pensar em finalizar essa carta e nunca mais voltar a te escrever. Como eu sobreviveria sem escrever sobre você? Vou me dedicar a descobrir a responder essa questão.
Porque acho que não é saudável continuar nisso.
Adeus por enquanto, ou talvez para sempre.
Espero que seja a segundo caso.
Fique bem.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Hoje eu precisava de você




                                                                        ''Você se foi e eu virei o vazio de alguém. Uma metade
                                                                               qualquer de uma música sem começo. Eu já nem                                                                                          sei pra onde foi o nosso final feliz.''

Mais um dia, mais uma semana, mais um mês.
Eu vejo o tempo passar rápido e quase  não consigo acompanha-lo.
Parece que eu estou vivendo no passado, com todas essas lembranças.
Sinto saudades de você, da gente, do que costumávamos ser. Você bem sabe que eu sempre odiei mudanças, em todas as partes da minha vida. Só tomo o mesmo açaí, ouço os mesmo cantores, como os mesmo salgados, leio os mesmos gêneros de livros, uso os mesmo estilos de roupas, uso o mesmo corte de cabelo, passo a mesma maquiagem, sou a mesma eu sempre. Não mudo nunca. E então você entrou na minha vida, muando tudo de lugar. Me mudando de lugar. Você amava mudanças, nunca fazia nada igual. Se pudesse mudariam de cidade ou até mesmo de país todo mês, odiava comer as mesmas comidas, ir nos mesmos lugares, repetir as mesma roupas. Você era a mudança em pessoa.
Nunca acreditei nesse trem de ''os opostos se atraem'' até te conhecer. Acho que nunca existiu no mundo um casal tão diferente igual nós eramos. Mas nós fomos felizes, mesmo com todos as nossas diferenças e brigas. Acho que essas inúmera diferenças fez com que nós nos completássemos.
Mas então aconteceu oque eu já deveria ter imaginado que aconteceria: Você mudou. Mudou de um jeito que eu cheguei a não te reconhecer, e eu não aguentei por muito tempo. Eu tentava achar você no meio daquilo que você tinha se tornado, mas era impossível porque você não queria ser encontrado. Então eu mudei também, por você. Mudei tanto ao ponto de me olhar no espelho de manhã e me perguntar quem era aquela menina me olhando. Eu mudei tudo em mim, meu cabelo, minhas roupas, meus gosto, até que não deu mais, ou eu terminava aquilo ou aquilo terminaria comigo.
Talvez eu tenha sido egoísta...
Não. Eu fui egoísta, talvez a maior do mundo, mas fiz aquilo para  me salvar, porque eu saiba que tudo aquilo iria me destruir. Já estava me destruindo. Só que eu não pensei que talvez, mas só talvez, eu não estaria preparada para aquela mudanças.
Eu realmente não estava. Ver você indo embora, para cada vez mais longe, acabou comigo, com a verdadeira eu. Ainda me lembro perfeitamente da dor, eu tentei ser forte, me levantei de manhã e fui para a faculdade, gastei quase o vidro de base inteiro para tampar minhas olheiras, mas fui, conversei, fingir algumas risadas, mas por dentro eu estava despedaçada. Você me ligou e eu olhei para a tela do celular por um longo tempo, tão longo que desligou. Eu não te atendi, e eu nunca deixava de te atender. Você insistiu por um tempo, mas mesmo assim não funcionou. Eu não queria mais falar com você, eu tinha cansado. Você não quis conversar quando eu queria e de repente eu não queria mais e isso foi uma mudanças tão grande que eu quase não suportei.
O tempo passou e eu voltei a ser eu mesma, da época em que éramos felizes, da época em que nós nos amávamos. Não estava feliz é claro, porque sentia sua falta a cada amanhecer e a cada anoitecer, mas estava fazendo o meu melhor.
Então eu vi que você tinha mudado mais ainda, eu sinceramente achei que era impossível mas você sempre me surpreendeu. Você começou a ficar com um monte de meninas, a namorar mais ou monte, traia elas e começava  a namorar outras, começou a beber, algo que você nunca foi de fazer, e ia para festas todo fim de semana. Só de olhar para você eu já conseguia ver o quanto você estava perdido e o quanto estava achando o máximo. Acho que o fato de você estar gostando de tudo aquilo me atingiu mais do que o fato em si. Claro que saber que os braços que você jurou que estariam para sempre em volta da minha cintura e que agora estavam embaixo da bunda de uma qualquer também me atingiu e muito. E você me considerar apenas um conhecida também me atingiu feio, mesmo eu sabendo que agora é isso que nós somos, eu só nunca tive coragem de admitir isso.
E mesmo você tendo se tornado outra pessoa completamente diferente da que eu amei, hoje eu acordei sentindo imensamente sua falta. Essa saudade não é de hoje, para ser mais exata desde a semana passada. Mas hoje eu sinto que preciso de você, preciso ouvir sua voz rouca no meu ouvido meu chamando de ''meu amor'', preciso ter você para conversar, preciso do seu carinho, preciso do seu corpo colado ao meu me fazendo sentir a menina mais completa e feliz do mundo, preciso das suas mudanças e suas manias chatas me tirando do sério. Hoje eu só precisava de você.
Um beijo daquela que eu um dia foi sua melhor amiga e
namorada, mas que hoje é apenas
sua conhecida.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Memorias de um amor com muito amor




Nós estávamos sentados debaixo daquela árvore em frente a minha casa. Era um dia de semana qualquer e estávamos de férias curtindo o fato de que tínhamos o dia todo para ficarmos juntos.
Você tinha acabado de cortar de seu cabelo e ele ainda estava todo estranho e fora do lugar, você odiava isso mas eu amava. Com a minha cabeça deitada no seu colo eu fiz você abaixar a cabeça para que eu passasse mão neles e bagunçasse mais. Eles pinicavam minha mão, mas continuavam a ser macios e cheirosos.
Nós conversávamos sobre tudo e também sobre nada. Tinha horas que só olhávamos dentro dos olhos um do outro e sorriamos. Acho que não preciso dizer que em momentos como esse eu amava você mais do que minha própria vida. Amava mais até do que quando você tentava por em palavras oque sentíamos. Sempre gostei mais de ações do que palavras. E com aquelas ações eu sabia que você me amava, assim como eu te amava.
Nada superava os momentos com você amor.
Nós estávamos com o carro do seu pai e você ainda não sabia bem oque estava fazendo e deixava ele apagar toda hora e eu morria de rir da sua cara. Você já estava suado e descabelado de tanto estresse e tanto passar a mão no cabelo. Esse seu tic sempre foi a coisa mais fofa do mundo. Você deixou o carro morrer e então bateu no volante dizendo que desistia daquilo, que não tinha nascido para dirigir. Você estava realmente nervoso com aquilo.
Me olhou e eu sorri, então você me puxou para o seu colo e me beijou. Sua boca estava salgada do gosto do seu suor, mas eu adorei e passei minha perna pelo seu quadril e me escorei no volante e ali ficamos por um tempo, você me fazia rir e arrepiar com uma única frase. Só você conseguia isso.
Começou a chover e eu te abracei, chuva sempre foi uns dos meus piores medos mas logo você me fez esquecer daquele medo com as suas piadas e suas caras engraçadas.
Amor verdadeiro nunca precisou ser explicado só sentido. E nós sentimos e muito. 
Nós estávamos assistindo filme no chão do seu quarto, minha cabeça estava no seu peito e eu sentia sua respiração nos meus dedos e os seus pelinhos faziam cosquinhas no meu nariz e a cada minuto eu espirrava, mas nada me faria sair daquela posição. O filme era horrível, você que tinha escolhido daquela vez, e então você me puxou para cima me beijou e rolou para cima de mim, eu pudia sentir meu corpo nu nas minhas mãos e eu poderia facilmente confundir aquele momento com o paraíso.
Então uma explosão me faz assustar e quando nos damos conta de que foi no filme você me olha e fala que eu era assustada demais e começa a fazer cosquinhas em mim até minha barriga doer de tanto rir e então me beija de novo. Ainda sinto seu nariz passando no meu pescoço.
Amor é uma pequena chama que queima tudo ao seu redor. E me queimou de uma forma que eu acho que nunca vou voltar a ser como fui antes.
Eu estava eu um campo de futebol vendo você defender bola atrás de bola,  vento forte jogava meu cabelo de um lado para o outro e eu tinha completa certeza que parecia a Medusa com todos os cachos bagunçados. Já estava quase no fim do segundo tempo quando o atacante deu um chupe tão perfeito que eu quase consegui ver a bola entrando, mas então você se jogou com tanta vontade e com a ponta dos dedos tirou a bola, mas sua cara não foi de alegria foi de dor. Você tinha virado o dedo e ele estava quebrado, eu preferia ter quebrado o meu dedo do que ver você com os olhos cheios de lágrimas. Depois de uma ida ao hospital e já com o dedo entalado e imobilizado você disse que valeu a pena a dor porque eu tinha cuidado de você e que você queria aquilo para sempre. Nós dois. Eu disse que se fosse por mim nós dois estariamos juntos muito mais do que o para sempre.
Quando você foi me beijar a tala prendeu no meu cabelo e eu quase cheguei a achar teria que cortar o cabelo tamanho foi o nó que aconteceu. A gente nunca riu tanto igual aquele dia, com a sua mão presa na minha nuca, seu dedo quebrado doendo e meu coro cabelo até vermelho por causa das tentativas de soltar a tala. Só voltou quando molhamos o cabelo.
Acordei sentindo uma saudade tão grande de você que me peito até doeu. Estou mais depressiva que o meu normal. Acho que eu esgotei meu estoque de palavras bonitas, e todo o meu dom para escrever textos românticos. Esgotei com você.
Mas uma vez eu fiquei sentada nesse banquinho duro, com a coluna doendo, durante horas ouvindo Taylor Swift e esperando um texto milagrosamente se formar na minha frente. Tentei falar sobre várias coisas, mas você não saia da minha cabeça para que eu conseguisse pensar.
Acho que entre todas as coisas que eu preciso na minha vida, te esquecer é prioridade. Pessoas como você sempre querem de volta o amor que deram e pessoas como eu querem acreditar que pessoas como você podem mudar. Mas simplesmente não consigo te trancar do lado de fora do meu coração.
Eu fecho meus olhos e consigo sentir seus olhos queimando minha pele, consigo enxergar seu sorriso e eu juro que até parece que você esta na minha frente pelo jeito como sua voz parece tão real na minha mente.
Eu conseguiria te enxergar de longe, mas tão longe de você eu ainda consigo te enxergar como se estivesse aqui e não do outro lado dessa cidade grande, vazia e sem amor.
Meu amor por você me mantem aquecida nesse frio cortando e me alegra nesses tempos de provas. Pensar em você já é a melhor parte do meu dia.
Sera que eu ainda preciso dizer que trocaria tudo para te ter do meu lado agora? Para sentir suas mãos envolvendo minha cintura e seu nariz passando no meu pescoço?
Essa noite sonhei com a gente de novo. Digo de novo porque estranho seria se eu não sonhasse com você. Você é uma constante em meus sonhos. Já me acostumei com isso. Talvez esse seja o motivo de eu acordar sempre de bom humor, mas ai o humor piora quando olho pro lado e não te vejo lá.
Acho tão estranho te ver e depois de 1 minuto já sentir saudades, mas sempre foi assim comigo, se bem que hoje mesmo quando eu ainda estou te vendo já estou com saudades. Acho que essa é a prova de que mesmo com tudo o amor em mim ainda cresce dia apos dia.
Não sei como evitar.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Mais uma ''última'' carta



Pensei muito antes de sentar e escrever esse texto. Confesso que liguei e desliguei o computador umas 5 vezes. E quando finalmente decidi que escreveria não me vieram palavras.
Coloquei meu fone e dei play em uma música da Taylor Swift, então tudo ficou um pouco mais fácil, mas não muito. Eu acho que tudo o que eu poderia te dizer já foi dito em outros textos, se tornou muito difícil escrever algo para você. Mas acho que hoje merece um esforço.
Não sei se algum dia você vai ler isso, porque eu não vou te avisar para vir aqui ler, mas vou falar tudo o que eu tenho para falar, você lendo ou não.
Não me lembro da primeira vez que eu te vi, foi a tantos anos atrás que é humanamente impossível lembrar, mas eu me lembro do momento exato em que eu soube que te amava, me lembro como se tivesse acontecido ontem. Coisa que definitivamente não aconteceu, já que tem alguns bons anos. Eu era criança de tudo, de corpo e de alma, mas já era inteligente o suficiente para saber que alguma coisa na minha vida nunca mais seria a mesma. E realmente não foi.
Há exatos 5 anos, 1 mês e 8 dias eu me apaixonei por você, e desde então minha vida tem sido uma montanha russa de emoções. Teve vezes que te amar foi a melhor coisa que me aconteceu e teve vezes que eu orei para Deus me tirar aquele sentimento, porque eu acreditava que seria muito mais feliz sem ele. Já sabemos que Deus não quis tirar o sentimento né? Vou confessar que tive mais momentos de oração para acabar com o sentimento do que momentos felizes. Mas as coisas continuam assim até hoje.
Depois de tanto tempo, depois de tanta coisa dita e mesmo depois de inúmeras noites chorando até cair no sono, o sentimento continua aqui. Tentei acabar com ele de todo jeito possível querido. Eu juro que tentei. Orei vezes e mais vezes, ajoelhei e chorei para Deus, supliquei, gritei até, me revoltei, disse para Deus que Ele não se importava comigo porque estava sendo o meu sofrimento e não fazia nada, tentei me envolvei com outros caras, fiz jejum, tirei arroz, tirei refrigerante, pedi oração para inúmeras pessoas, me afastei de Deus, depois cheguei o mais perto que já tinha chegado, te ignorei, te exclui em tudo que é rede social, apaguei seu número, fiz de conta que não te conhecia, eu fiz de tudo. Mas nada adiantou. Mesmo quando você falou todas aquelas coisas no começo do ano e eu achei que nunca iria me recuperar e iria finalmente te esquecer, do pior jeito, nada aconteceu. Eu me recuperei, como sempre, e depois quando parei e refleti o amor ainda estava lá. Eu cheguei a orar pedindo para Deus me levar já que Ele não levava o sentimento. Nada aconteceu também. Eu continuo aqui orando para Deus me tirar esse amor, que parece enraizado em mim, e permitir que eu seja feliz. Eu continuo aqui escrevendo textos para você sem saber se você se dá ao trabalho de ler. As vezes eu espero que não esteja lendo, para que tudo isso seja menos patético.
Hoje eu acordei me sentindo a pessoa mais infeliz e estúpida do mundo pelo simples fato de ainda te amar e por que hoje, mais do que os outros dias do ano, tudo me lembrou você. Tudo mesmo. A começar pelo fato que eu só consegui dormir depois da meia noite quando vi que já era dia 26, quando acordei olhei para  o teto e lembrei de você, me arrumei para a faculdade com você na cabeça, e chorando, fui para a faculdade escutando música e parecia que todas as músicas do meu celular me lembravam você, entrei no meu facebook e tava você lá nas minhas notificações, passei a manhã toda sem conseguir passar um único momento sem lembrar do seu rosto e sem pensar e o que você estaria fazendo e desejando poder de ver, cheguei em casa e tudo só piorou, almocei e me deitei e chorei até minha barriga doer, me desesperei e chorei cada vez mais, não tinha mais lágrimas, passei a tarde olhando para o teto tentando entender o que eu fiz de errado para merecer passar por tudo isso, me levantei fui ver tv e tudo tinha alguma coisa que direta ou indiretamente me lembrava você, desliguei e vim escrever esse texto. E mesmo agora nesse ponto, depois de ter escrito isso tudo ainda me pergunto se você merece tudo isso, esse texto desse tamanho e o pior: esse amor desse tamanho, e a resposta é não.
Não tenho nenhuma dúvida de que você não merece nenhum deles, e muito menos a mim. Eu ainda tenho um pouco de autoestima e sei que você não me merece, mas mesmo assim eu sei que se você me mandasse uma mensagem pedindo desculpas e dizendo que me quer eu não pensaria duas vezes antes de responder que também te quero. Eu abriria minha vida inteira, mais uma vez, para você, mesmo sabendo que com uma única palavra você foi capaz de destruir tudo a minha volta e destruir a mim junto. Eu sou idiota o bastante para permitir que você faça tudo isso de novo, e de novo.
E é chorando mais uma vez, talvez a 17º vez hoje, que eu digo que se isso não for amor, do jeito mais puro e raro que existe, então eu não sei o que é.
Espero do fundo do meu coração que dessa vez essa seja a minha última carta para você, porque sinceramente não tenho mais forças para continuar com isso não.
Tudo de bom e felicidades.


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

AMA 2014

Ontem foi o Amercian Music Awards 2014, e o que teve de apresentação boa não foi brincadeira não.
Selena Gomez cantou seu novo single The Heart Wants What It Wants




Taylor Swift cantou Blank Space



Ariana Grande fez um Medley de seus singles Problem/Break Free/Love Me Harder


One Direction cantaram Night Changes



Lorde também fez uma performance.



Fiquei na duvida em qual eu gostei mais.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O primeiro filme da saga Crepúsculo completa 6 anos. Veja a evolução dos protagonistas!

Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner mudaram muito de uma première para outra
1. Crepúsculo (2008)
Hoje, a estreia do primeiro filme completa 6 anos. Naquela época, Taylor Lautner (Jacob), Kristen Stewart (Bella) e Robert Pattinson (Edward) tinham muuuita cara de novinhos, né?! Olha que fofos! Em 2008, Tay tinha 17 anos, Kris tinha 19 e Rob tinha 23. 
2. Lua Nova (2009)
A mudança mais marcante foi o cabelo dos protagonistas, né?! E a carinha de baby de Taylor foi ficando pra trás...
3. Eclipse (2010)
Cara de riqueza e poder, né?! O custo de produção do filme foi aumentando! Hehe. 
4. Amanhecer - Parte 1 (2011)
Mas o momento mais glamouroso mesmo dos três no red carpet foi em 2011. Todos de preto e Kristen cheia de brilho! Uau!

5. Amanhecer - Parte 2 (2012)
Esta foi a despedida da saga que a gente vai amar pra sempre. O tempo só fez bem para o trio, né?! Que saudade! <3 

Capricho 

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Gato da semana: Oscar Emboaba



Oscar Emboaba é um jogador do Chelsea e também da Seleção Brasileira.



Extremamente fofo e muito talentoso.



Oscar tem tido grande destaque nos jogos do Brasil. Sempre se deslocando muito e dando ótimos passes. Sem falar que nos últimos amistosos só deu ele batendo escanteio. E ontem foi em um desses escanteios que que o David (meu amor) cabeceou e fez um gol lindo.



Por falar em David, eles já jogaram juntos no Chelsea e para mim são o bromance mais fofo da face da terra.



Sou apaixonada nele e sim, sou um Emboaber (nome dado aos fãs dele). Me apaixonei no triste dia do 7x1. Oscar foi um dos poucos que realmente tentaram fazer alguma coisa, e foi ele que fez o único gol brasileiro da partida. Mas ao final do jogo, mesmo tento só olhos para o David, e com os olhos cheios de lágrimas por ver o meu grandão chorar, meu coração doeu de ver o completo desespero do Oscar. Ele com certeza foi o que mais chorou. Se jogou no chão e foi consolado até pelos Alemães, principalmente Andre Schürrle seu companheiro no Chelsea.














Ele já foi o camisa 10 da Seleção.



Olha a carinha dele *-*



22 anos de pura beleza, bom futebol e fofura; Se vocês não tinham um motivo para assistir á jogos de futebol, agora vocês têm um bom motivo.







Olhem esses dois que coisa maiiiiis linda.



Ele tem uma filhinha. E em várias ocasiões podemos perceber o pai carinhoso e babão que ele é.





Cadê o ar??





Resenha:Cretino irresistível

Cretino Irresistível Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.


Um livro quente, é assim que Cretino Irresistível pode ser descrito.
Quem me conhece sabe que eu adoro livros ''New adult'', e esse em especial eu estava bem interessada em ler desde o começo do ano, finalmente comprei e posso garantir que foi uma das melhores compras literárias que eu fiz nesse ano de 2014. O livro, assim como 50 tons, originou-se de uma fanfic que teve um grande numero de leitores online e acabou sendo publicado e depois traduzido em vários países.

Chloe Mills é uma estagiária de 26 anos linda e muito competente que trabalha na RMG á 6 anos. Era assistente de Elliot Ryan mas acabou tendo como chefe o filho dele que chegou da França.
Bennete Ryan é um homem com um temperamento forte, muitas vezes visto como mal educado e grosso. Tem 31 anos, é alto, lindo e o homem mais irresistível que Chloe já viu. Mas logo na primeira vez que eles se encontram não dão certo de cara. E isso só vai se tornando cada vez pior. Eles são como cão e gato. Se odeiam.
Mas todo o ódio que eles sentem um pelo o outro nada mais é do que uma forma de esconder uma imensa atração que os consome por dentro. Até que eles não conseguem mais esconder e acabam se entregando.
No princípio tudo não passava de sexo, pelo menos era nisso que eles queriam acreditar, mas então eles se veem presos em um relação muito mais complicada, e muito mais profunda.
Eles até tentam esconder, mas quando fazem uma viagem de negócios a estranha relação deles acaba sendo de mais e eles têm que escolher: ficar juntos definitivamente ou terminarem?

Li ele tão rápido que agora até me arrependo e já estou com vontade de ler de novo.
5 estrelas.  

domingo, 16 de novembro de 2014

Promo 6x08


Quinta que vem tem o que? Episódio novo de TVD.
Assistam a promo e vamos aguardar esse capitulo que promete muito.

domingo, 9 de novembro de 2014

Book Haul de Outubro

Minha câmera teve um pequeno probleminha então o Book Haul de Outubro vai ser por qui mesmo.
No mês passado eu ganhei bastante livros, mas diferente de setembro ninguém me mandou um :(


 Esse foi a minha mãe que me deu. O autor dele é irmão de uma amiga da minha família.


Esse eu comprei e meu pai pagou para mim. Eu disse lá no Instagram que ia ter resenha dele amanhã, mas é bem provável que não vá dar tempo. Mas até sexta é certeza.


Minha mãe que me deu esse também, e eu to com muita vontade de ler ele logo. E vou resenhar ele aqui também.


 Minha mãe também me deu esse aqui. Tava em promoção no WallMart, 17,00. É o primeiro de uma trilogia que eu só ouvi falarem bem. Então vou tirar a prova.


Adoro turma da Mônica e quando vi esse livro na sebo aqui da minha cidade não resisti e levei. São histórias bem curtinhas e eu já até terminei.


E por último esse que eu tava devendo para mim mesma a muito tempo. Li o Eu Sou O Número Quatro no começo de 2013 e desde lá to falando que ia comprar a continuação. Tá ai. To quase chegando na metade graças a Deus. Vai ter resenha dele aqui também.


Esse não são livros mas eu faço coleção então acho que eles se encaixam aqui também.
É isso, espero que para o Book Haul de Novembro minha câmera esteja apta. Beijão

sábado, 8 de novembro de 2014

#Indicando: Pentatonix



A semana só acaba no sábado né galera então hoje temos mais um #Indicando cover.
E para fechar com chave de ouro a semana, e dessa vez de verdade :( temos um grupo hoje.
Esse grupo é fora do normal, é sério. Formado por quatro homens e uma mulher e eles cantam acapella (sem instrumentos ou playback) apanas com o som que suas bocas podem fazer.
Os covers que eles fazem em sua grande maioria ficam melhores que os originais.
Foi um custo escolher apenas cinco videos para trazer aqui para vocês, mas vamos lá.
Top 5:

5- Problem - Ariana Grande


4- Evolution Of Beyoncé


3- As Long As You Love Me / Wide Wake



2- Evolution Of Music



1- Britney Speras Medley


Gente eu não consigo ser imparcial vocês já perceberam certeza. Minha cantora preferida é a Britney então o Medley dela fica em #1 e pronto.

Dê um play: The Heart Wants What It Wants


Você me faz experimentas algoQue não posso comparar a nadaA não ser aquilo que espero Que depois dessa febre, eu sobreviva

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

#Indicando: Peter Hollens



E para o último dia do #Indicando covers vamos ter mais um homem. E diferente do Hugo esse aqui até arrepiada com a voz potente e doce que ele tem.
Os videos são assim como os da Madilyn bem produzidos e ele faz Medleys simplesmente incríveis.
Não preciso nem falar que ele é lindo né? Isso vocês com certeza já perceberam. Mas juro que ele não esta aqui só pela beleza.
Top 5:

5- Story Of My Life - One Direction

4- Dark Side ft. Madilyn Bailey - Kelly Clarkson



3- Turning Tables / Someone Like You - Adele


2- Les Miserables Medley


Meu amor por Les Miserables é do tamanho do céu, uma coisa sem explicação e esse cara lindo, com essa voz maravilhosa cantando as músicas maravilhosas do filme tocou no intimo do meu ser.

1- Epic Disney Medley


Quem me conhece só um pouquinho sabe que eu AMO filmes da Disney e musicais e quando junta os dois eu quase tenho uma síncope. O #1 foi esse só por causa da música da Bela e a Fera, que é meu filme preferido.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

1989 - Taylor Swift



Um tempinho atrás eu fiz um post falando sobre o Cd  My Everything da Ariana Grande e agora é a vez do novo da Taylor Swift o 1989. Como todo mundo já sabe o nome do Cd é o ano em que a Tay nasceu, e ele como todos os outros dela é um material cheio de músicas que nos contam coisas sobre ela.
A Taylor sempre escreve músicas sobre seus ex namorados/ficantes/rolos e todo mundo já está completamente acostumado com isso, mas esse Cd ela mostrou um lado mais divertido e desligado dela, que nós não conhecíamos.


  • Welcome To New York 
  • Blank Space 
  • Style 
  • All You Had To do Was Stay 
  • I Wish You Would 
  • Wildest Dreams
  • Bad Blood
  • How You Get The Girl 
  • This Love 
  • I Know Places 
  • Clean








  • Achei muiiito bom esse Cd, mas diferente do My Evrything ele não se tornou o meu preferido da Tay. O meu preferido continua sendo o Fearless. Mas a Tay ta de parabéns por esse aqui também.

    #Indicando: Mariana Nolasco



    Hoje já é quinta galera, o que significa que amanhã é o último #Indicando cover :(
    Maas o que importa é o agora. E hoje vamos ver a Mariana Nolasco.
    Já vi que ela é um pouco polêmica já que tem até videos falando que ela é metida e outras coisas... Mas não estamos aqui para entrar na vida pessoal dela e sim no talento musical.
    Vou confessar que acho meio chatinho a vozinha fininha que ela faz, mas tudo bem.
    Vamos ao  Top5:

    1- All About Us - He is We


    2- Mulher - Projota



    3-  Logo Eu - Jorge e Mateus



    2- Velha Infância - Tribalistas



    1- Price Tag - Jessie J




    quarta-feira, 5 de novembro de 2014

    #Indicando: Kurt Hugo Schneider



    O #Indicando cover de hoje é um menino e isso é uma coisa única(?). Eu prefiro mulheres cantando mas esse menino ganhou meu coração. E o que eu gostei muito também é que ele é cheio das participações, e todas muitos talentosas. Tem até Victoria Justice.
    Obs: O Kurt é mais um produtor que leva cantores covers para cantar, ele canta relativamente pouco mas mesmo assim... rsrsrs
    Vamos ao Top 5 então:

    5- Firework & Grenade


    4- Medley Miley Cyrus - Christina Grimmie (2º lugar na Season 6 do The Voice USA)



    3- Bang Bang - Jessie J ft. Ariana Grande ft. Nicki Minaj


    2- Beauty And A Beat - Justin Biber ft Nicki Minaj


    1- Medley Marron 5 - Victoria Justice


    Tive que me segurar para não colocar o cover do Justin em 1º nesse também. Mas também custei decidir só 5 videos, vamos combinar né galera é um melhor do que o outro.

    terça-feira, 4 de novembro de 2014

    #Indicando: Amanda Coronha



    Continuando a semana do #Indicando covers do youtube hoje vamos conhecer a carioca Amanda Coronha.
    Ela é linda, faz covers incríveis, e a voz dela é uma coisa de louco.
    Vocês vão adorar ela, principalmente quando ela tocar no ''radinho'' de vocês. (Palavras da própria Amanda). Mas o que eu gosto mais nela é que ela da uma cara diferente para as músicas fazendo eu gostar mais ainda delas. Sem falar que tem umas fotos dela que eu acho a cara da Ariana Grande.
    O top 5 dela:

    5- Rainha da Pista - ConeCrewDiretoria



    4- Mulher - Projota


    3- Drunk in Love - Beyonce


    2- Falando Sério - Roberto Carlos



    1- As Long as You Love Me - Justin Bieber



    A número 1 ficou meio suspeito porque eu amo Justin, mas e vocês, qual gostaram mais?

    segunda-feira, 3 de novembro de 2014

    #Indicando: Madilyn Bailey



    Eu sou muito vidrada em música e isso é bem fácil de perceber. E uma coisa que eu adoro é achar canais no youtube de gente que faz cover. Por que? Porque muitas vezes esses covers são 1000 vezes melhores que a música original. Resultado disso: Meu celular é lotado de versões e mais versões da mesma música. Mas não abro mão de nenhuma.
    Essa semana o #Indicando vai ser todo dedicado à essas pessoas.
    E para começar hoje vou mostrar um top 5 da fofa da Madilyn Bailey.

    5- Chandelier - Sia


    4-  Problem - Ariana Grande


    3- Wrecking Ball - Miley Cyrus


    2- Human - Christina Perri


    1- Photograph - Ed Sheeran


    E ai gente, qual vocês mais gostaram?