quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Era você


E eu que achava que sabia tanto, fui surpreendida por algo tão surreal. Quando foi que eu me tornei tão sentimental e nem percebi? Era você, sempre foi você o meu grande motivo.Talvez fosse o amor, talvez fosse esse sentimento que me faz entrar em apnéia sem perceber. E nunca senti coisa melhor do que perder o ar assim. A calmaria não me era mais suficiente. Só precisava de mais emoção na minha vida, seja lá qual fosse. Apenas ignorava os sinais. Agora tudo faz sentido. Eu ainda não sabia, não queria enxergar, mas era você. 

Jullie Alves 

domingo, 16 de dezembro de 2012

Superei: Sim ou Não.

image
“Não superei as faltas, nenhuma delas, mas me acostumei com todos os buracos em minha existência. Existem dias em que é extremamente difícil não desmoronar mas ainda assim, é impossível não sorrir. Junto com toda a mágoa, ainda existem as lembranças boas, ainda brotam aqueles sorrisos sem querer. Não superei esses calafrios sempre que me aparecem sinais de que os sentimentos ainda existem, mas já vivi coisa demais e hoje, só quero viver mais. Não espero que as coisas aconteçam como eu quero, pelo contrário, desisti disso. Não espero mais ninguém, acho que nada que se espera chega, um dia, quando eu não esperar, há de acontecer alguma coisa. Não estou feliz, mas estou bem, muito bem. Não deixei de lembrar em um dia sequer, mas já não me impede de me sair bem no cotidiano. Sinto falta, principalmente do que eu era, de quem fui, mas ninguém vai me trazer de volta, como não trarão tudo o que eu acreditei e esperei. Não espero, não demonstro, quero bem. Só não vivo o ontem, estou melhorando isso. Um dia de cada vez.”

- Autor Desconhecido.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

A Vida Segue

image
“Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer a tona, o que o coração vive tentando deixar pra trás.” 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Novo começo


É triste quando você sente o amor te deixando. Toda aquela sensação de êxtase ao ver a pessoa, todas as borboletas no estômago e blá blá blá se perderam, pra Deus sabe onde. Você não sente mais nada quando se encontra com a pessoa, já não acha a pessoa mais linda do mundo, na verdade finalmente consegue perceber que a pessoa não tem beleza. Nem exterior, nem interior. Você não passa mais o tempo todo pensando nela. Finalmente percebe que tem coisas muito melhores para se pensar, pra se preocupar, pra gastar tempo.
Quem dera você tivesse descoberto isso antes.
Mas não descobriu.
Você gastou tempo, pensamentos, lágrimas, e até dinheiro. Maldito amor adolescente.
Você não consegue mais se imaginar junto a pessoa. Não consegue mais imaginar suas mãos entrelaçadas, seus lábios colados. Nada. Não consegue nem ao menos se imaginar sentada ao lado da pessoa apenas batendo um papo amigavel.
Quando pensa em romances já não lembra imediatamente da pessoa. Na verdade passa horas sem se lembrar ao menos da nome dela, coisa que antigamente era praticamente impossível.
É triste de se ver. E o pior, de se sentir tudo isso.
Amores tão forte com esse que você sentia por essa pessoa não deveriam ser eternos? Não deveriam?
Mas não foi. E isso te machuca.
Você se pergunta se você fez alguma errada, que atrapalhou esse amor.
Mas não. Não foi você. E você sabe disso. Sabe que não havia nada que poderia ter sido feito que você não tenha feito. Não poderia ter uma forma de amar mais, perdoar mais, se humilhar mais, sofrer mais, lutar mais. Lutar pelo oque você queria: a pessoa. As mãos entrelaçadas, os lábios colados.
Você fez tudo oque foi ao seu alcance. Tudo. E um pouco mais.
Deixou amigos e família de lado. Magoo repetidas vezes pessoas que não mereciam ser magoadas. Disse ''Não'' pra quem merecia um a ''Aceito''. Magoo a si mesma. Pura idiotice.
Mais acabou. Assim como tudo na vida acaba.
Você se lembra de quando era criança e achava que as coisas durariam para sempre. Mas você cresceu, e descobriu que Para Sempre Deus.
Você nem está chorando. Não têm porque chorar.
Você está, simplesmente, esquecendo quem nunca se lembrou de você.
Você está, finalmente, descobrindo que quem merece algo melhor é  você e não a pessoa. Porque afinal, você sabe que a pessoa dificilmente vai encontrar alguém que ame ela mais do que você amou, que encontre alguém que se importe mais do você se importou.
Mas você vai encontrar alguém que te ame o tanto que você merece, que se importe do mesmo tanto que você. Alguém que saiba dar valor aos seus sentimentos. Alguém, que só Deus sabe, onde está. Mas Deus é perfeito, e Ele tem o melhor pra você. E você sabe disso.
Pode até não ser Edward Cullen, ou um Daniel Grirori, mais vai te fazer a pessoa mais feliz do mundo. E você sabe disso, acredita nisso, espera isso.
Nesse momento você está vivenciando um novo começo. E você está adorando isso.

Bj Bj: Dii

domingo, 2 de dezembro de 2012

Eu sem você


Sempre fui toda sua, e o pior, meu coração também. No fundo eu só queria sentir você, beijar você, amar você. Mas parece que você nunca conseguiu se encaixar em um relacionamento tão bem quanto eu. Tudo bem, passou. Acabou.

- Mariana Godoy