sábado, 31 de dezembro de 2011

Ultimo Dia de 2011


Me bate um desespero no ultimo dia do ano.
Quantas coisas prometi fazer, e é a hora de ver se consegui fazer tudo...
Nunca consigo!!
Mas uma frase que muito me serviu:
Mas que conselhos dar quando estou na exata posição de quem também não realizou metade das coisas da lista, e vai repetir as mesmas frases e palavras para o ano que vem? Pensando bem, talvez eu tenha realizado outras coisas. Outros sonhos que estavam fora da lista e eu nem sabia que tinha. Talvez eu tenha conseguido coisas que não sabia que precisava, mas agora não consigo ficar sem. Talvez o destino nos reserve acontecimentos maiores do que a nossa cabeça racional e presa na rotina consiga pensar, ou talvez tudo que eu esteja falando seja uma grande besteira.
Uma verdade não??
Bem, não me lembro de todas as minha metas para 2011, mas sei que não consegui completar nem a metade.
Mas, de que importa??
Como dito na frase a cima, eu não consegui completar tudo o que queia, mas completei coisas que eu nem sabia que precisa... E isso é muito bom!!
2012 tá ai já, vamos todos fazer valer a pena??
Eu vou!! Pelo menos tentar.
Como 2011 foi bom. Eu nem planejava estar aqui no Blog, e veja: Aqui estou eu!!
Agradeço a cada um de vocês que passam por aqui, pra ler as coisas toscas que eu escrevo.
Agradeço a cada um que me deu apoio, e tals...
Agradeço ao meu ''Pequeno Grande amor'' por me dar inspiração todos os dias para escrever..
Lembrando dele, mais um ano não?? Mais um ano que acaba e eu continuo a pensar só em você. Será que um dia isso vai passar?? Sei lá viu.
Obrigada, por você ter colocado lágrimas nos meus olhos e sorriso na minha boca durante esses 365 dias... Você fez tudo valer a pena meu divo!!
Mas... agora eu to pronta pro próximo ano..
Que venha novas amizades, novos choros, novos risos, o mesmo amor, ou talvez até um novo, mais saúde, menas falsidade, mais paz, mais textos, mais tudo e menos nada..
Obrigada 2011 por tudo o que você trouxe, e que leve com você todas as memorias ruins.
Venha 2012 seu lindo!!!
bj bj

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Rebelde


Oooh!! O cápitulo de ontem de Rebelde foi muito tenso.
Beleza, me chame de infantil se quizer, mas é eu assisto Rebelde.
Nunca entendi porque gosto tanto, mas desde o Rebelde original eu gosto muito.
Quando começou os boatos de que teria uma versão brasileira, eu falei horrores. Mas a realidade é que assisti e comprovei que é tão bom quanto o outro.
Se você que está lendo isto também assiste, bem vinda ao clube. Se você não assisti e não gosta, não me julgue por gostar.
Esse é o video do capitulo de ontem, e se você assiti reveja, e se não assisti ignore. Se nunca assistiu, dê uma chance. Ps: Chorei no final do cápitulo!!! :'( A também as pessoas que fazem uma alta comparação com a versão original, mas os dois são muito bons, é claro que muitas coisas são inteiramente copiadas porque é uma versão do outro, mas não é tudo que é igual. Vale assitir um dia!!! O site oficial da novela : http://entretenimento.r7.com/rebelde/ E um blog : http://rebelderecord.novelablog.com.br/

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Uma idiota


Resolvi escrever isso agora, porque eu seja, talvez, uma idiota. Uma idiota apaixonada, iludida ou alguma coisa do tipo. Não sei. Mas minha vontade foi te escrever isso, e se agora escrevo, é porque preciso – e sinto. Penso em você, se hoje seu dia foi bom. Penso também se um dia isso vai mudar. Você sabe, essa distancia. Não sei como explicar. Nós sempre estamos tão perto um do outro, mas sinto como se fossem quilomêtros e quilomêtros de distância.
Isso me machuca. Ver você sempre meio sozinho, esquecido pelas pessoas que achava que nunca iriam te abandonar, e eu ... Eu, mais do inteligente, sempre me rodiei de pessoas que eu tinha certeza que só fariam bem para mim. E hoje nunca ando sozinha.
Hoje você fica meio solitário, sempre andando com seu celular.. Fazendo sabe-se lá o que, conversando com sabe-se lá quem. E me olha de perto, meio longe. Enquanto eu sempre cercada de amigas, te olho que longe, meio perto.
Dói esse sentimento!! Dói mais ainda essa vontade descontrolada de sair correndo, do meu imaculado e sempre fechado grupo de amigas, e ir me juntar a você.
Não preciso de miil amigas, só preciso de você.
Da sua compania... Do seu sorriso. Do seu cheiro. Da sua presença!!!
Mas não posso!!! Por pura estupidez, ou infantilidade!!!
Ao auge dos meus 14 anos de idade, admitir que 2 anos dele foram dedicados interamente a você, para depois ter que ver que nem amigos somos mais... É desgastante. É doloroso... É no minimo pertubador.
Você sozinho... Porque não convesar comigo??? Será que sou assim tão despresivel, para você preferir ficar olhando as folhas da mangueira cairem, do que conversar comigo???
Pelo visto sim.
Aprendi que nem sempre, amor é sinônimo de felicidade. Muito pelo contrário, você me mostrou que felicidade é algo tão singular e raro quanto amor. E que esse amor pode fazer sofrer. A diferença deles, você me explicou. Me mostrou, me fez sentir.
E o que quer que eu te diga sobre amor?
Sobre o que me ensinou: você seria capaz de entender?
Eu preciso disso, mas não aprendi como te dizer, com palavras, meu amor por você. O destino resolve, algum dia desses, o que jamais tive coragem de resolver sozinha. Te imploro um abraço, ou até mesmo um sinal que você não me odeia como acredito que odeia.
Quem sabe um dia você apareça, do nada, e resolva se sentar comigo na mesinha de cimento?? Perguntando como estou, como foi meu dia, e me contando do seu. Quem sabe em um dia, bem distânte, você não esteja sentado no sofá assistindo algum programa de Tv chato e resolva me mandar um Sms com alguma coisa tosca só para me fazer sorrir. Quem sabe até não me ligue!! E ficaremos mais de 1hr conversando, porque afinal teriamos Tim.
Quem sabe isso aconteça num futuro próximo. Corações se pedem. E eu, bem, te peço, te imploro pra te ter aqui. Não por carência ou vício: mas por amor. Venha. Que venha com suas manias, seu jeitinho de rir, com suas palhaçadas e todo o que me fez chorar um dia. Me faça sentir tudo que só sei sentir por você.
Mas, por enquanto isso é apenas um sonho... Distânte e inalcansavel.
                                                                            Ainda te amo, se é que isso importa!!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Dizem...


Dizem que vidas em outros planetas não existem, que o núcleo da Terra é povoado por seres estranhos e que nenhum homem pisou na Lua.
Dizem que flores encantam  mulheres, que perfumes franceses são melhores e que princesas vivem em castelos cercados por dragões.
Dizem que o Papai Noel existe, que o coelho da páscoa é branco e que anjos vivem ao nosso redor.
Dizem que sonhar faz parte da vida, que é preciso viver atrás de algo para se tornar completo, como se só aquilo valesse a pena.
Dizem que ser feliz é uma questão de razão, que as coisas materiais não têm sentido no mundo das emoções e que o dinheiro não compra a felicidade.
Dizem que palavras movem montanhas e rios, e que as lágrimas são as expressões dos corações.

Dizem que o medo não é real, que depois da tempestade sempre haverá um arco-íris e que imagens valem mais que minhas palavras.
Dizem amar é uma questão de estar apaixonado, que não mando no meu coração e que eu sou um idiota de estar escrevendo isso tudo.
Dizem isso porque não sabem o que é amar, não saber o que é viver por alguém, não sabem como ser feliz de verdade.
Todos dizem coisas que não sabem, dizem coisas que não entendem, falam o que não sentem e fingem o que querem sentir. Seria tão mais fácil se corações tivessem lábios, se pensamentos não dominassem as línguas e se o medo não fosse  tão real para algumas pessoas.
Seria tão mais fácil se todos dissessem a verdade, se mentir fosse impossível e se as consequências fossem extintas.
Se o mundo fosse assim, seria mais fácil de viver.
Seria mais fácil dizer que eu amo você.
 
Allison

Algumas vezes eu imploro não pela perfeição, mas pela descoberta. Não quero atingir o ápice do que é bom pra humanidade, só quero percorrer o caminho que vai me levar ao topo da minha vida. É daqui pro alto. Quero o melhor do que há em mim!


Fernanda Gaona

Sempre existe uma janela


















No final do túnel existe uma janela. Talvez você precise antes passar por uma sequência interminável de portas fechadas e treinar seus ouvidos para som da batida de cada uma delas, mas não deixe de caminhar. Eu sei que não tem a menor graça andar no escuro, e por não saber nada sobre o caminho, algumas vezes você irá tropeçar. Mas lembre-se, que é justamente essa coragem de andar por um lugar desconhecido e adquirir habilidade para se curar de cada tombo, que fará você começar a enxergar aos poucos frestas de luz. E pode não parecer, mas o som de cada porta se fechando um dia irá soar como música aos seus ouvidos. A canção de quem aprendeu a ler as esperas. De quem aceitou a partitura da fé e aprendeu a tocar as notas no momento adequado, na afinação de Deus.

Fernanda Gaona

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

As borboletas morrem


Agradeço, meu querido idiota, por ter passado pela minha vida. Por mais que tenha me feito sofrer, eu aprendi muito com você. Percebi que nenhum amor é para sempre e sentimento uma hora desgasta e acaba. As borboletas morrem, mas sempre deixam novas, para que nunca se extinguam.

Mariana Solis

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

No amor


Quilômetros importam na matematica. Idade só importa pra dirigir.
E peso, só importa pra nutricionista. No amor, só importa os sentimentos.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Não vai passar, só mudar!

lembranças
“Eu esqueci você”. Essa é com certeza maior mentira que um dia diremos pra alguém. Sabe por que? Sentimentos não morrem ou são esquecidos, eles apenas se transformam em outros sentimentos. O tempo tem sim o poder de mudar o nosso foco, mas ele não apaga uma história. Muito menos as lembranças. Ele apenas te mostra que você é forte o suficiente pra continuar mesmo com tudo isso acontecendo aí dentro. Aí, então, outras coisas acontecem.
O amor torna a indiferença impossível. Quero dizer, as pessoas que você realmente um dia se importou, nunca serão indiferentes. Cada uma delas despertará uma sensação única quando você por exemplo, encontrá-las por acaso na rua. Vai queimar, sufocar, arder e às vezes, tudo isso ao mesmo tempo. O que vai mudar é que quando acontecer,  você saberá sem sombra de dúvida o que realmente bom pra você.
Sabe, já ouvi relatos de pessoas que tentaram deletar suas próprias lembranças. Aos poucos, elas foram se deletando também. As lágrimas importam tanto quanto os sorrisos. Você é tudo aquilo que viveu até esse exato momento. E o que em maior parte te fez evoluir, foram as porradas e tombos que a vida te deu. Que te fizeram passar dias na cama sem vontade de dormir ou comer. Que te fizeram pensar em tudo aquilo aconteceu milhares de vezes. Que te fizeram admitir ou desistir. Que te fizeram transformar.
“Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.”
Talvez você devesse levar as aulas de física mais a sério.

By: A diva  sempre linda Bruna Viera do http://www.depoisdosquinze.com/

sábado, 10 de dezembro de 2011

Raízes


Não quero mais te ver.
Eu simplesmente estou farta desse sentimento incontrolavel que vive dentro de mim.
Um dia, até as pessoas mais burras arrumam a vida.
Hoje eu sinto que você está saindo de dentro de mim.
Durante muito tempo você foi como as raízes de uma arvore, totalmente fincado em mim, e tirando meus nutrientes. Mas sinto que já não é bem assim... Você ainda esta fincado em mim, mas não como antes, agora são poucas raizes; A arvore está morrendo, as raízes secando, as folhas caindo.
Mas será que ela irá morrer mesmo??
Ou será que, como todas as vezes, ela só começara a morrer, mas logo ressucitara milhões de vezes mais forte??
Bem, isso só o tempo irá dizer.
            Enquanto isso escrevo mais uma carta mal feita para você.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Sorry


Galera que tanto amo e que leem meu blog, quero pedir supeeer desculpa para vocês.
Ontem uma amiga minha brigou feio comigo porque eu havia parado de escrever aqui, desculpem por ter dado uma parada. Não é que eu esteja sem inspiração, para falar bem a verdade ando tendo muitaa inspiração,o que não ando tendo é tempo para postar aqui.
Todos os dias eu escrevo um texto no mu fichario, e por ali ele fica... Mas prometo que vou passar a arranjar um tempinho para coloca-los aqui. É que final de semestre é beem puxado né?? Mas com as férias se aproximando eu vou ter tempo de sobra para estar sempre por aqui.
By: Diessyca

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011